quinta-feira, 9 de abril de 2009

Este banner foi um presente carinhoso do Ery, um grande amigo, que tem nos ajudado na divulgação dos especiais da Pier.
E, claro, no domingo você já sabe. Teremos um especial do Stevie Wonder, que eu adoro. E se você também gosta, não terá motivos para perder.
Será às dez da manhã, horário de Brasilia.

Acesse aqui:



A páscoa era assim:

Muita religiosidade, começava já no início da semana santa.
Muitas orações, mas o que ainda volta à memória com clareza, era a cerimônia do "lavapés", depois na sexta feira santa, tinha o jejum, até meio dia.
Engraçado, que fazíamos isso, com alegria, como se fosse uma festa ficar sem comer. Talvez pela novidade, e criança adora novidades.

À tarde, íamos para a igreja, para a adoração do santíssimo, e no fim do dia, havia a procissão do encontro. Em que mãe e filho morto se encontravam.
Assim era a semana das dores, como minha mãe dizia, que só terminava no sábado de aleluia, à meia noite, quando se dava a cerimônia da ressureição, numa missa do galo, é claro.

No domingo, era dia de festa.
Normalmente se fazia uma comidinha melhor, com um frango assado e aquela macarronada, que não era comum.

Ovos de páscoa? Nunca havia comido quando criança. Só depois de adulta.
Talvez por isso, não ligue a mínima, para os mesmos, embora nunca tenha deixado faltar para os meus filhos, mesmo que fosse um simples e pequeno ovinho.

Desejo a todos vocês meus amigos, uma feliz páscoa.
Que no coração de cada um, possa ressurgir a fé, a esperança e o amor.

6 comentários:

Adelino disse...

Ana, quando criança/adolescente, estudando em Colégio Marista, adorava a Semana Santa, um pouco por causa dos feriados, claro, mas também pelo clima de respeito que imperava em toda a sociedade. Ovos de Páscoa, tal qual você, só vim a tomar conhecimento na Capital. Mais tarde, com filhos pequenos, entrei no clima e passamos a presentá-los com os tais ovos de chocolate.
FELIZ PÁSCOA PARA VOCÊS TODOS.
Um beijo. A Claudia manda um também, e agradece a sua lembrança.

Carlos Emerson Jr. disse...

Como já está se tornando um hábito, no domingo às 10 estaremos lá na Pier!!!
E boa Páscoa para você, o Válter, Erickinho e toda a família.

Fátima Emerson disse...

Aninha: eu nasci e cresci em Cuiabá, Mato Grosso. A nossa rotina da semana santa era bem parecida...E os ovos, também só conheci adulta, pois lá era muito quente e não havia tecnologia que conseguisse conservá-los. As poucas tentativas dos nossos parentes do Rio em trazê-los resultaram em pastas derretidas de chocolate melando um papel que misturava prata e vermelho!!!Muitos beijos, muita alegria e muita paz, para vocês neste domingo, com direito a macarronada com frango, embalada por Stevie Wonder, para comemorar a Páscoa!

vitoria disse...

Aninha,finalmente tenho uma cadeira,uma secretária,um escritório e a net onde posso me sentar e descansar!Tem sido tudo muiiito devagar...aqui no Alentejo(Provincia de Portugal,como um estado aí...)tudo é lento.
A Páscoa não é este ano tão vívida,mas vamos almoçar com amigas da terra um borrego assado,tradição do Norte do país.
Depois instalarei o skipe.
Um abraço ao Valter,ao Erickinho e um beijo gandeeeee pati minha quida ,:)))

Sonhar é Preciso disse...

Quando era criança...tambem era assim.
Hj em dia por aqui é diferente.Procuro comer peixe, bacalhau e como muito chocolate.
Mas americana nao comemora muito a pascoa nao. O feriado mais importante deles é o Thanksgiving(dia de Acao de Graças).
bjs,
me

Anônimo disse...

Aninha, obrigada por existir, como é bom ouvir (ler) palavras de incentivo de uma pessoa cheia de luz, te amo!

xaxeila