sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

COMO CONFIAR NOS CORREIOS?


A empresa dos correios no Brasil, já foi respeitada e muito conceituada.
Hoje, há controvérsias.
Meu filho foi contratado pelos correios, através de uma empresa terceirizada, para trabalhar temporariamente por tres meses, como carteiro, na época de trabalho intenso no final do ano passado.
A única coisa que recebeu dos correios foram duas camisas usadas, pois sem elas, não adentraria em determinados locais, como alguns condomínios.
Trabalhou por tres meses, sob chuva e sol escaldante, que temos aqui nessa região do interior de São Paulo.
Nem um calçado, para andar os quilometros que deveria, nem um guarda chuvas, para os dias que levava muita água no lombo.
O pior, não recebeu um centavo, referente aos meses de dezembro e janeiro. Nem vale transporte, nem vale refeição, e, muito menos o salário devido.
Os documentos pedidos, como carteira profissional, e cópias de RG e CPF, entre outros, só Deus sabe por onde anda.
A empresa dos correios é, ou deve ser responsável.
O ministério do trabalho disse que só poderia registrar a reclamação, que deveria constituir um advogado.
Como, se não recebeu salário? Como pagar honorários advocatícios?
O sindicato dos carteiros, informa que nada pode fazer, pois é uma empresa terceirizada a contratante.
A ouvidoria dos correios não se manifesta.
A quem recorrer?
Será que só a Deus?
Ah! a defensoria pública também, diz que não tem advogados para esse tipo de causa.
Alguém sabe onde podemos pedir socorro?
Não confie nos correios. É perigoso.

16 comentários:

http://graceolsson.com/blog disse...

NAO, ANINHA

A empresa contratante da terceirizada é co-responsável, sim.
Menina, hohe em dia, nao devemos confiar em mais nada...

vitória disse...

Orando pelo Pablo...confiemos na justiça divina... um abraço Ana...

Ronald disse...

Só posso dizer uma coisa Aninha, uma lástima total, sucatearam aquela que foi o xodó das empresas públicas.


De vez em quando apareço. Abraços ao Walter.

Sonho Meu disse...

Correios tanto la quanto quanto cá tá uma B#$&@ ! qualquer correspondencia postada aqui pro Brazil demora entre 2 semanas a infinidade(nunca chega). O meu filho recebeu um documento postado no RGS pra sua residencia no Colorado e o atrazo durou 3 longos meses. eu ainda espero uma carta que alguem postou pra mim em julho do ano passado (do RJ) que aind nao chegou. Os correios americanos dizem que a culpa é do Brasil e o Brasil diz que a culpa é dos states. Qualé zemané ? :0(
Beijinhos pra ti e boa sorte pro filhao.

Aninha Pontes disse...

Elena:
Aqui não dá para confiar nem em sedex. Você só paga o preço diferenciado que é bem maior, mas a correspondência também não chega.
O Brasil é mesmo um país sem lei.
Beijos

Naná Hayne disse...

Ô Aninha que coisa horrível de acontecer!!!
Já tentou o tribunal de pequenas causas?

Beijo e boa sorte para o teu filho!

Aninha Pontes disse...

Naná:
O Pequenas Causas, não atende causas que tem vínculo empregatício.
Onde há relação de trabalho, eles não se envolvem. Só no caso de prestadores de serviço, sem vínculo.
Obrigada.
Um beijo

Naná Hayne disse...

Hum, entendi...
OLha Aninha eu acho que pelo sim e pelo não, podemos ao menos DIVULGAR esta sacanagem ( é a arma que temos unidos...) estou copiando este teu post e vou colocar como nota no facebook e pedir que repassem ok?

bjo querida!

Aninha Pontes disse...

Obrigada Naná.
Na verdade isso era mesmo o que eu queria.
A divulgação pode ajudar.
Beijos

Sonia H disse...

Oi, Aninha,
Quanto tempo. Saudades de vir aqui.
Realmente você disse tudo: Os Correios mudaram. Acho que até os anos 90 era uma empresa respeitável e depois foi sucateada em partidos políticos, afilhados, conhecidos e sinceramente, é uma empresa na qual não confio mais, porém dependemos dela para enviar encomendas... Só não sabia que ela agia assim, sem respeito total, com os funcionários, pois terceirizado ou não, o funcionário leva o nome da empresa na camisa....
Desejo que vocês consigam resolver este problema.
Um grande beijo,

deniserangel disse...

Aninha,
Já compartilhei no Facebook e no Twitter. Tomara que a denúncia dê resultado.
beijo, menina

Arco-Iris Jose e Dora disse...

Olá Aninha
Lamento o que aconteceu com o seu filho, realmente a cada dia que passa o problema com o trabalho está cada vez pior e não pense que é só no Brasil.
Beijinhos minha amiga e peço a Deus que os ajude a resolverem o caso do seu filho.

Georgia disse...

Aninha, acho que neste caso a firma que contratou o servico deve ser responsável pelo pagamento. Talvez ela está embolsando e nao pagando quem trabalhou.

Abracos

joana disse...

Oi Aninha, aproveito o espaco para relatar o que houve com uma caixa que enviei , para minha filha, da Alemanha para o Rio de Janeiro. A caixa chegou depois de 2 meses com tudo revirado. Colocaram o conteúdo dentro de um saco plástico e, para nossa surpresa, dentro do saco um pacotinho destinado para uma família no Rio Grande do Sul. Minha filha reenviou a tal caixinha para o Rio Grande do Sul e, tanto o remetente, um senhor alemao, como o destinatário ficaram super felizes. Agora a pergunta, dá pra se confiar num órgao como este?

Magui disse...

Por aqui a correspondência não tem problemas. Tudo anda bem. Qt à reclamação , seu filho pode fazer a Reclamação na Justiça do trabalho sem advogado contra a empresa terceirizada.

Fabiana e Wanderson disse...

Nossa, pra entregarem uma correspondência aqui, leva tempo d+.... fico brava só de pensar!!!

bjs

http://fabianaewanderson.blogspot.com/