domingo, 8 de março de 2009

ORGULHO DE SER MULHER!


Hoje dia de comemorar o dia internacional da mulher!
Embora saibamos que dia da mulher são todos e mais alguns, visto o que pode uma mulher fazer ao mesmo tempo.
Bom seria, se pudéssemos comemorar muito mais. Mas ainda há conquistas. Ainda vemos mulheres que sofrem discriminação, violência, fome, entre outras coisas.
A mulher mudou muito, mas ainda vemos mulheres que sofrem, que ainda não aprendeu a se amar, se valorizar.
Esses dias estive lendo um blog, de uma moça, clicando em comentários, e me deparei com uma mulher reclamando, sofrendo, por falta de atenção do marido, que estão casados há apenas dois anos e meio.
Dizia ela que fazia tudo que ele gostava, tudo para agrada-lo. Mas nada, ele só entrava em casa, por estrita necessidade, pois era ali que estavam suas roupas e sua cama.
Contou até, que o marido havia trazido para casa, uma revista masculina, e ela, olhando as poucas peças de lingerie, que a modelo usava, comprou iguais, para agrada-lo.
Nada.
Cheguei a comentar com ela, que talvez o único fato em que estivesse pecando, era o fato de cuidar-se para ele. Tudo o que fazia era pensando nele, e não nela própria.
E fiquei pensando, que ainda hoje, mulheres se cuidam, se embelezam para os maridos. E não para elas próprias.
Afinal, se eu não gostar de mim, se não me olhar com orgulho, não posso esperar que outros façam.
Quando uma mulher usa uma roupa que gosta, quando pára e cuida do seu corpo, usa um creme hidratante para que sua pele fique macia, perfumada, antes de mais nada, está se cuidando, pode ser até que seu pé, macio e gostoso possa vir a acariciar o outro, mas será para ela antes de tudo.
Os homens costumam dizer que a roça do vizinho produz mais que a dele, que a mulher do vizinho é muito mais gostosa que a sua. Mas não se esqueçam, que diante da casa ao lado, nós somos a mulher do vizinho.
E são essas mulheres que hoje rendo minha homenagem, mulheres que se amam, mulheres que ainda vão se amar.
Afinal, nós somos o que nos interessa ser. Somos fortes, frágeis, mães, avós, enfermeiras, professoras, amigas, somos santas, ou demônios, namoradas e amantes, enfim, para os nossos homens, somos tudo, porque assim queremos que seja.
Homenageio hoje todas as mulheres, àquelas que sabem bem o seu lugar, àquelas que ainda não chegaram lá, mas caminham para isso.
Mulheres que sofrem e mulheres que são felizes.
Me orgulho de ser mulher, e principalmente pelas conquistas que fiz.
Um FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER, a todas minhas amigas queridas.


Hoje, nossas flores e nosso carinho especial são para a Geórgia, uma grande mulher, que faz aniversário hoje.
Geórgia é uma grande amiga, generosa, carinhosa com todos.
Está sempre pronta a ajudar todos que dela precisem.
Geórgia, que seu dia seja muito especial. Que você seja muito feliz.

6 comentários:

Adelino disse...

Ana, uma bonita crônica para um dia tão significativo. Na verdade, todos os dias são dia da mulher, mas tem mesmo que existir uma data que a ressalte ainda mais.
Um beijo. Feliz domingo.

Ery Roberto Correa disse...

Ana, são mulheres que tem sua forma de pensar as capazes de ensinar a todos os homens os "detalhes tão pequenos" da convivência humana. Assim como aquelas seis heroínas que fizeram você comentar minha homenagem cheia de infinito respeito.

Parabéns a você, por pensar grande, por agir maior ainda.

Beijo especial.

adelaide amorim disse...

Aninha, você tem toda razão: se anular é meio caminho andado para afastar o ser amado e principalmente para se tornar uma pessoa triste. Ninguém - nem mesmo as mulheres - fica feliz ao lado de alguém que não gosta de ser quem é, e por isso não tem luz própria - que é o que atrai as mariposas e o amor :)
Beijo no nosso dia e tudo de bom pra você.

Odele Souza disse...

Ana,

Obrigada por sua visita e comentário no blog de Flavia.
E deixo um forte abraço pra você cumprimentado-a pelo post do dia da mulher, muito bem escrito.

Rubinho Osório disse...

Vc falou bem e homenageou melhor ainda!

. fina flor . disse...

sim, querida, é um erro se cuidar somente para agradar alguém ;o)

beijos e feliz vida de mulher,

MM.