quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

A DOR.

A dor física e a dor da alma. Ambas nos maltratam, as vezes nos deixa mesmo transtornados.
Quem de nós, nunca sofreu com uma terrível dor de cabeça, nas costas, ou sei lá o que mais?
Elas são tantas, e podem ter muitas origens, que só um médico poderá tratá-las e identifica-las, isso em se tratando da dor física.

Eu, em dois momentos tive dor física muito forte, fora aquelas dores normais que todo mundo tem. Foram dores que me marcaram muito devido a intensidade delas.
Durante algum tempo, tive uma enxaqueca muito forte, que depois desapareceu, da mesma forma que apareceu, sem que eu saiba lhes dizer, como ela foi embora.

Um outro momento eu sofri de uma dor lancinante, que nao dá nem para explicar. Foi por ocasião de uma cirurgia, em que tive problemas de queda de pressão, e a anestesia foi embora antes do término da cirurgia, e com a pressão muito baixa, não poderia tomar outra, e tudo foi feito com muita dor, sem anestesia mesmo.
Foram horas de muita dor, de enlouquecer.

Mas passou, ficou lá atrás.

O post continua aqui:
É na verdade o programa de terça feira, bem curtinho, mas eu falo sobre o assunto.

6 comentários:

Adelino disse...

Ana, bom dia. É um tema intrigante. O seu progrma está ótimo. Transmite muita paz, mesmo tratando de um assunto tão intrigante como esse. A Claudia ouviu, ficou muito feliz e pediu-me que eu retribuísse em nome dela. Valeu.
Um beijo.

Ronald disse...

Bom dia Aninha....

A crise espantou o bolo ontem (12/02), hehehehehe... Mas nada como chegar aos 50, né???

Estou com problemas técnicos lá em casa mas, assim que solucionar, volto à ativa na Pier...

Beijos e um abração no Valter

erickinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Janaina Amado disse...

Oi, Aninha, passei aqui para um abraço, e encontro tanta dor. Mas você falar bem do assunto, tem o que tirar dele. Beijo e ótimo fim de semana, sem dor.

Sonhar é Preciso disse...

Oi ana,
to indo pra SPaulo por esses dias. Quem sabe se a gente nao se encontra.
bjs,
me

simone disse...

Oi Aninha, passei p deixar um bj.Simone