terça-feira, 18 de novembro de 2008

ALGUÉM ME AJUDA?

O selo é lindo.
Ganhei da Vitória, minha querida amiga.
Fiquei muito feliz com o presente.
O único problema é que tenho que oferecer a três pessoas.
É muito pouco.
Principalmente porque tenho tantos bons e queridos amigos, estarei com certeza sendo injusta.
Mas sei que as três pessoas que vou oferecer, irá oferecer à outros três, e no final seremos uma grande corrente de bons amigos.
Eu ofereço para:
Todos os demais amigos, sintam-se ofertados com este lindo selo.
Socorro.
Eu preciso de ajuda.
Será que alguém saberá me responder esta pergunta?
Qual o apelido dado à cantora que apresentou ao mundo o ''jeitinho brasilerio'' com suas músicas divertidas e cujas roupas coloridas inspiraram os Tropicalistas ?
Achei que era Carmem Miranda, mas não tenho certeza.
Informei os apelidos de Bituca, Pequena Notável, Carmen, e nada disso está correto.
Tenho que responder ao meu amigo secreto. Esse é mais um passo para que eu chegue até ele(a).
Mas tá difícil.
Por favor alguém me ajuda?
UP DATE: Gente querida. Todos amigos queridos, tentando ajudar.
Mas matamos a charada.
Ela era chamada pelos tropicalistas de "Dadá", por causa do movimento do Dadaísmo.
Está aqui a dica do meu amigo secreto:
Vou lhe dar mais uma dica, o apelido dado a Carmem Miranda pelos tropicalistas também está relacionado com um movimento de vanguarda moderna iniciada em Zurique, em 1916, no chamado Cabaret Voltaire, por um grupo de escritores e artistas plásticos.

7 comentários:

Ery Roberto Corrêa disse...

Aninha, seus gestos de carinho encantam. E os gestos como este, de me considerar amigo, a gente nem deve dizer obrigado, tem é que pensar em retribuir sempre. Fico feliz, querida, muito feliz.

Olha, não tenho certeza, mas acredito que essa cantora seja a Rita Lee. A Rita ainda da época dos Mutantes.

Lembro que os Mutantes gravaram o disco "Tropicália ou Panis et circensis", em 1968, juntamente com Gil, Caetano Veloso, Gal Costa, Tom Zé e Nara Leão. Possivemente no mesmo ano (não tenho certeza) acompanharam Caetano Veloso na música "É proibido proibir", no III FIC, da TV Globo, do Rio de Janeiro. Na final do mesmo festival interpretaram "Caminhante noturno", que ficou em sétimo lugar.

Por este histórico e a coincidência temporal, e porque ela foi sempre muito "colorida", acredito que tenho sido a Rita Lee, sim.

Beijão. Você mora no meu coração.

Ery Roberto Corrêa disse...

Ana, não completei: quanto ao apelido, não sei te dizer. Mas há um livro do Carlos Calado, "A Divina Comédia dos Mutantes", onde ele cita que Rita criava personagens imaginários, como a menina "Gumgum" (chata e grudenta, que ficava dizendo pequenas crueldades). É uma sugestão, acredito que estamos perto de descobrir. Há outros leitores que ainda virão aqui e certamente alguém vai lembrar.
Beijo, de novo.

Rosamaria disse...

Aninha querida!
Não te passei o mimo pq a Vitória já tinha te passado, mas tu moras no meu coração e mereces mil mimos desses.
Bjim, cosquirídia.

CRIS disse...

Você é uma fofa, Aninha. Estou com pouquíssimo tempo sim, mas para receber um carinho desses...mas volto em breve, talvez na próxima semana.Só pra você ter uma idéia: Entreguei um Condomínio hoje ( auqle que falei no blog ) , dei 4 aulas , visitei 3 obras,atendí 2 clientes e ainda conseguí levar umas frutas à casa dos meus velhinhos...rsrsr . A olheira está querendo aparecer!!mas vamo que vamo, quem mandô nascer pobre? rsrsr

Beijo, minha querida e muito obrigada. Te gosto demais.

Bj

Sheherazade disse...

Aninha,
Fiz até uma pesquisa pra tentar te responder essa questão, mas não existe nada que se refira ao figurino tropicalista especificamente, apenas uma referência à própria Carmem Miranda, afirmando que o seu figurino era totalmente tropicalista, portanto, não tem por que não ser ela a cantora em pauta,conhecida como "Pequena Notável" que usava roupas coloridas e cantava músicas divertidas e que, também, levou ao mundo inteiro o nosso "jeitinho". Essa tá difícil, viu?
Lamento não poder acrescentar mais nada ao que já sabes. Mesmo assim, Boa sorte!

Beijão.

Yvonne disse...

Minha amiga querida, não tenho a menor idéia e desconhecia totalmente essa história.Foi um post legal seu, porque me fez pesquisar no Google. Beijocas

Adelino disse...

Ana, espero ter lhe ajudado...
Um beijo.