sexta-feira, 18 de abril de 2008

Hoje é o grande dia, da blogagem contra o analfabetismo.
Proposta pela querida Geórgia, com o aval e empenho da querida Meiroca, que se destaca pelo seu envolvimento em causas nobres, sempre em prol de outros.
Em nenhum momento Meire pensa em benefício próprio.
O assunto é muito sério, além de ser uma causa gostosa de se envolver e engajar.
A pergunta é: O que você tem feito neste sentido?
Em algum momento, sente que faz algo, para diminuir o analfabetismo?
Temos como, e podemos fazer. Muitas vezes ao nosso lado está alguém, que precisa de ajuda, para seu maior esclarecimento, e/ou, muitas vezes até para se alfabetizar. Pode ser a sua doméstica, os filhos dela, enfim... Terá sempre alguém.
Hoje ainda é dia da literatura infantil, e pensando nisso, e por causa disso, há alguns dias, pensando já na blogagem coletiva, tomei uma decisão.
Para isto vou precisar da ajuda de meus amigos.
Estive na escola onde o Érick, meu neto estuda, e falando com a direção da escola, vi a luta deles, em manter uma pequena biblioteca na escola.
Mas pequena mesmo.
Pouquíssimos títulos, que emprestam aos alunos, para levarem para casa, lerem, e devolverem à escola.
O Érick, acabou de ler um livro da Maria Clara Machado, devolveu, e agora trouxe, Ruth de Souza, contando a "Odisséia". Está lendo.
Pensando nisso, utilizando a blogagem coletiva, e o dia da literatura infantil, e como membro do conselho de escola, lanço aqui uma campanha, para arrecadar livros infantís para doar à escola.
Segundo a cordenadora pedagógica, Srta Patrícia, eles não tem nada de literatura em quadrinhos.
Em tempo, a escola é de 1ª a 4ª séries, são alunos pequeninos.
Portanto, se você meu amigo, que tanto me ajuda, tem aí em sua casa, um livro, que não está utilizando, poderá nos doar. Eu, em nome da escola agradeço.
Caso queira, poderá me enviar um email, que posso dar todos os dados da escola, como nome , telefone, endereço, etc...
Não o farei aqui agora, porque me esqueci de pedir autorização à direção da escola para divulgar esses dados.
Posso fazê-lo futuramente, caso seja autorizada a isso.
Está dada a largada, eu faço a minha parte, embora, quero muito contar com todos vocês, afinal, eu sózinha, não tenho condições financeiras para doar os volumes necessários.
E, com essa atitude, espero ter colaborado também com a blogagem.

19 comentários:

Adri /Dri /Drika disse...

Bom dia, estou visitando os blogs que estão confirmados na blogagem contra o analfabetismo... Parabéns pelo seu post e por abraçar a causa...Bju ;)

Adelino disse...

Ana, bom dia. O seu post ficou muito bonito e significativo. Confesso que ainda não sei muito bem como participar efetivamente de uma blogagem coletiva, mas você foi muito didática neste seu post. Depois volto ao assunto.
Um beijo

Bárbara M.P. disse...

Olá,

Parabéns por sua adesão desta causa tão importante. E parabéns pelo texto muito bem escrito.


Um abraço,
Bárbara M.P.

RAMOSFOREST.ENVIRONMENT disse...

Cidadania é participação. Parabéns.

Magui disse...

Boa iniciativa, Meus livros doei todos.

disse...

Aninha querida ...como sempre o teu coração fala mais alto..que ótima iniciativa ..tenho livros que poderia dispor como o maior prazer...Se vc quiser me manda os dados necessários por e-mail e vamos trabalhando nesta idéia ..tenho muitas amigas que também tenho certeza vão gostar de ajudar.Maravilha... se ajuda doando um livro, ao mesmo tempo que se pensa no prazer do próximo alfabetizado ao poder ler. Conte comigo de verdade! Um grande beijo e bom fim de semana.

18 de Abril de 2008 11

Fábio Mayer disse...

Uma pequena,mas boa ação para acabar com o analfabetismo é justamente doar livros para bibliotecas escolares ou públicas, incutindo o gosto pela leitura, e dando opções às pessoas.

Luma disse...

Aninha!! Faço sempre doação para a biblioteca aqui da cidade. Eu não tenho espaço para guardar todos os livros que leio! (rs*) Mas olha, lembra de um meme que eu lancei? Era assim:Eu escolhia da minha estante 3 livros para doar a escola e falava deles em um post e passava a tarefa para mais 3 pessoas. Pensa que o meme foi para frente? parou ali! Não vejo o povo agir, vejo muito blablabla mas nada consistente. Não estou te desanimando. Até posso lhe dar idéias do tipo um mutirão, cada criança pedir para mais 3 crianças, e essas 3 crianças para mais 3 crianças, numa especie de corrente. Para animarr é só dizer que o nome da criança ficará em um mural na biblioteca com "Contribuidores da cultura" - até pai vaidoso vai ajudar! :) Boa sorte! Beijus

Celia Rodrigues disse...

Aninha, querida! Fico imensamente feliz por você não ter condições financeiras de doar tudo o que a escola precisa. Se fosse assim, não teríamos a oportunidade de ajudar! :D
Por favor, mande os dados para o e-mail do Prisma para que eu possa enviar algumas revistas. Pode ser o seu próprio endereço, então você recebe a encomenda entrega à escola. Dessa forma não perdemos tempo. Os alunos agradecem e nós ainda mais por podermos ser úteis! Beijo é ótimo fim de semana!
P.S.: O endereço do Prisma: blogprisma@yahoo.com.br

Rosamaria disse...

Aninha
Tua idéia é genial! Se não for com data prevista, prometo que mando alguma coisa pra ti, só que não posso me comprometer pra logo.
Se não quiseres colocar os dados aqui, manda por e-mail.
Bjim, cosquirídia.

evipensieri disse...

Ana,

Tomara que seu projeto dê certo. Você pode organizar também uma visita à biblioteca pública de sua cidade.

Bjs.
Elvira

Eduardo P.L. disse...

Aninha,

estou repercutindo sua blogagem, seu projeto, e por fim o e-mail do Valter no VARAL

Espero que receba muitos e muitos livros!

Bjs

universodesconexo disse...

Aninha, otima ideia a sua. Antes de mudar para o exterior eu e Edu doamos para uma escolinha na Ilha do Cardoso as enciclopedias que tinhamos junto com varios livros e incluindo gibis. Ficamos apenas com umas duas caixas com os que queriamos manter para reler depois. Hoje em dia ja juntei mais um montao de livros mas todos em ingles e espanhol e com uma literatura um pouco mais complicada do que seria util para a criancada.

No momento nao tenho mais nada que possa te passar, mas vou dar uma olhada nos sebos para ver se encontro algo do Monteiro Lobato ou gibis. Voce tem a lista dos livros que a biblioteca precisa ?

E vamos ver se dessa vez nosso encontro sai ne ?

beijocas
Lys

FINA FLOR disse...

é verdade, querida, nossas bibliotecas infantis são bem pobrinhas, já participei uns projetos e fiquei bobinha =/

beijos e bom feriado

MM.

camille disse...

Que bacana Ana, voce aproveitou a blogagem coletiva para trabalhar pela Educação.
Beijos e parabens!
Cam

Sonho Meu disse...

Oi Ana,
Tambem bloguei sobre esse tema.
Iniciativa muito boa das meninas.
bjs,
me

FINA FLOR disse...

báaaaaaaaaa, Aninha, tive novos problemas com os vizinhos.

tô começando a achar que quem sabe ler e não lê é que é analfabeto, como bem disse o Quintana.

beijocas

MM.
ps: tive que tomar uma medida mais drástica, digamos assim, em relação aos meus vizinhos.... passe lá no canteiro e veja.

adelaide amorim disse...

Muito oportuna essa blogagem, Aninha. Ando meio distante dos blogs, não tenho tido tempo para navegar muito, mas se tivesse visto antes a proposta da Geórgia teria aderido. Mas nunca é tarde. Aliás, esse assunto merece atenção permanente, porque o problema é sério e complicado.
Um beijão.

Scliar disse...

Ok! Eu contribuo! Assim que voltar para o Brasil, mando uns livros para a escolhinha. E agrego mais duas sugestões:
a) Convidar escritores para irem bater papo na escola (depois posso passar as coordenadas para agilizarem isto);
b) fazer uma feirinha do livro, em que cada criança leva dois livros: um para doar par a escola e outro que troca na hora com algum coleguinha. Dá super certo. Pode ser associada com uma fesa junina, por exemplo, ou outra atividade comunitaria qualquer.
Abracos, Ethel SC