quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

CONTRA A PEDOFILIA, EM DEFESA DA INOCÊNCIA.

Hoje é dia de blogagem proposta pela amiga Luma, sobre um crime contra as crianças.
Eu sinceramente me sinto até incapaz de falar sobre o assunto, por falta de informações.
Felizmente não conheço nenhum caso, nunca tive nenhum próximo a mim. Mas sei que eles existem, e é de uma seriedade muito grande. Logo, não me custa nada falar sobre o assunto.
Por mais que eu penso, não chego a nenhuma conclusão. O que leva uma pessoa adulta, que a princípio está dentro da normalidade cometer tal crime?
Normalmente quando ouvimos uma notícia, é sempre um homem cometendo tal atrocidade, no máximo, uma mulher que desavergonhadamente, colabora com tal ato.
Então, fico pensando, será que o homem pode se tornar tão bicho, a ponto de sentir desejo por uma criança, e mais, dar vazão ao seu desejo e molestar um inocente?
Pode. Tanto pode que o faz.
Mas, ainda assim, não chego a entender. Porque uma criança?
Graças a Deus, criei meus filhos, confesso, sempre com muito medo, e essa fase passou. Hoje são adultos.
Mas, só de pensar, e tiro logo o pensamento por medo, de que aconteça algo ao meu neto, fico arrepiada.
E, acho que a solução mais próxima de cada um de nós, é olhos abertos, ficarmos vigilantes noite e dia. Não bastasse todo perigo que nos ronda, hoje a internet é mais um caminho.
Será que nós sabemos o que nossas crianças fazem diante do computador?
Estamos atentos à eles?
Não pesquisei nada, mas mesmo de maneira simples, queria dar minha contribuição.

10 comentários:

Maria Augusta disse...

Aninha, você disse tudo : a inquietação das famílias para proteger suas crianças e a vigilância constante, principalmente agora que eles estão ligados diretamente ao mundo com seus perigos pela Internet.
Um grande beijo e parabéns!

Georgia disse...

Ah! Aninha, suas informacoes vêm de uma mae cuidadosa e temerosa como vc e eu e outras aqui.
O homem é mesmo um irracional quando o assunto é sexo. Mas me espanto de saber que o número cresce e há até clubes para promover tais coisas. O assunto é muito antigo. Lembra da mitologia grega? Das ninfetas? Nada mais era que isso querida.

Grande beijo

Eduardo P.L. disse...

Parabéns pela paricipação e postagem. Essa é uma luta de todos!

Bjs

Fábio Mayer disse...

Seu post vai de encontro ao meu, porque a internet é muito utilizada por esses criminosos.

Minha bandeira sobre isso é aumentar o prazo da prescrição penal para diminuir a impunidade sobre os casos. Viu o que aconteceu com a Joana Maranhão, que não verá o seu algoz processado porque prescreveu a punibilidade penal?

É preciso lutar contra o crime e adequar a legislação a ele.

adelaide amorim disse...

É isso, Aninha. Mas o mais importante de tudo é dar condições de vida às pessoas e manter as crianças protegidas. O que infelizmente não acontece muito por aqui.
Beijo pra você.

Sergio disse...

olá, aninha!

acho que devemos ficar atentos, mas nao assusta-los, porque pode ser que nada sobre isso chegue até eles. mas é bom prevenir com uma boa conversa. é o que eu faço aqui e casa.

um beijo

Blog do Beagle disse...

Vc deu sua contribuição, minha cara. Vc nos alertou apra o que nossas crianças estão vendo na net. Gostei. Bjkª. Elza

Rosamaria disse...

Tua contribuição foi preciosa, Aninha, como mãe e vó zelosa que és.
Bjim.

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Cara Anna
Acho o assunto muito sério.
Mas não podemos ser apenas cautelosos e pensar apenas nos cuidados que devemos ter para minimizar o risco disso com os nossos mais próximos.
Para mim, o assunto deve ser encarado do ponto de vista das medidas concretas que temos que exigir das autoridades. Devemos discutir as penas a serem imputadas aos monstros que maculam a vidas de nossas crianças.
Sou radical nisso: devem ser aniquilados da sociedade, pois monstros devem ser tratados como tal.
No mínimo prisão perpétua, sem direito as progressão da pena, pois são entes destituídos das mínimas noções de compaixão, são irrecuperáveis.
Na verdade sou mais radical, sou tolerância zero...
Então, esse movimento de chamada à consciência não deve ser apenas uma biruta a anunciar a direção do vento, mas uma alerta de que se trata de um furacão e que as medidas são graves e urgentes.
Caso não se atinja isso, fica parecendo mais uma tragédia para ser esquecida como a do menino arrastado pelo carro, até morrer despedaçado pelas ruas do Rio!
Nem o nome do garoto lembramos mais!
É isso que me assusta nessas bandeiras!

Ana disse...

O Blog Diga Não À Erotização Infantil e a Comunidade Diga Não À Pedofilia convidam todos os blogs e sites amigos da criança a participarem de duas blogagens coletivas nos dias 18 e 25 de maio( Dia Nacional De Combate Ao Abuso E Exploração Sexual Infanto-Juvenil e Dia Internacional Das Crianças Desaparecidas)

Mais informações:
http://diganaoaerotizacaoinfantil.wordpress.com/2008/04/28/dias-18-e-25-de-maio-blogagem-coletiva-em-defesa-da-infancia/

Participe conosco dessa luta em defesa da infância!

Obrigada!