quinta-feira, 22 de julho de 2010

É ASSIM!

Estamos em pleno ano de eleições.
Não tenho em quem votar. Logo, não vou votar.
Não quero compartilhar com essa sujeirada toda, que está aí.
Pois que façam o que mais gostam de fazer.
Continuem explorando o povo, que por sinal, gosta de ser explorado.

14 comentários:

Fernanda disse...

Aninha, faça como eu: vote em branco!

Não quero que digam que para mim é indiferente quem ganha, vou lá e voto. Só que em branco, porque nenhum candidato é suficientemente bom, correcto, honesto!

Beijossss

Rubinho Osório disse...

Concordo com vc, mas como anular ou votar em branco ajuda os "mais espertos(as)", votarei na Marina, o que é um jeito de votar "contra tudo isso aí".

Carlos Emerson Junior disse...

É isso aí, Aninha. Acho que todo mundo da nossa geração já não aguenta mais ver essas mesmas caras na política, o tempo todo. Encheu!

Um beijão e um abração pro Valter.

Aninha Pontes disse...

Fernanda:
É extamente isso que farei. Voto em branco. Não há candidatos que mereçam meu voto.
Um beijo.

Rubinho:
A Marina, a princípio era uma solução, pela pessoa que é, mas ao ver o resto da cambada, a começar pelo presidente do partido dela, desisti. Voto em branco.
Um beijo.

Cejúnior:
Não dá mais mesmo. Já acreditamos em tudo que podíamos.
Fico pensando: Seria muito interessante se houvesse uma votação maçiça em branco.
É a minha opção: BRANCO.
Um beijo à vocês.

valter ferraz disse...

More,
por que não em preto?
Dá tudo na mesma lerda.

Aninha Pontes disse...

Amor:
Taí, não havia pensado nisso, mas pode sim ser em preto.
Beijo

Luma Rosa disse...

Aninha, não perde as esperanças!! Até lá muita coisa vai rolar! (rs*)

Lendo o comentário do Valter e o seu, fiquei pensando se lá nos EUA, o voto não foi de protesto!!

Bom fim de semana! Beijus,

Sonho Meu disse...

Transferí meu titulo pra cá e pra votar teria que ir no consulado americano. Vou nao...já passei 10 anos sem votar e posso muito bem parar mais 10 no marasmo eleitoral.
No dia que o voto nao for obrigatorio eu voto. até la nao vou dar emprego facil pra essa cambada de vagabundos nao. No final das contas meu voto nao vai fazer nenhuma diferença.
bjs

denise rangel disse...

Venho votando em branco desde que o Lula assumiu a 1ª vez. Este ano, voto em Marina. Sei que corro o risco de ver seus assessores assumindo, mas, por enquanto, meu voto ainda é para ela.
Como a Luma disse, muitas coisas ainda estão por acontecer.

beijo, menina

Aninha Pontes disse...

Luma:
Acredito que vai rolar mesmo, mas será só baixaria, bem do jeito que eles estão acostumados.
E pior, nada vai mudar.
Beijos


Leninha:
Você está certíssima. Não perca seu tempo com essa corja.
Não merecem que o povo confiem neles. Nenhum deles.
Beijos


Denise:
São todos iguais. Marina, até merecia um voto de confiança, mas se aliou ao lado podre da coisa. Já descartei.
Muita coisa vai acontecer, mas nada vai mudar.
Beijo querida.

Arco-Iris Jose e Dora disse...

Olá Aninha, nós costumamos dizer, não ir votar é quase igual que votar em quem não se quer.
Eu também nunca vou votar e digo de verdade, que por vezes, já não faço confiança em ninguém, acho que são todos praticamente iguais, só promessas e depois nade cumprem.
Obrigada pela visita que fez à minha nova casa, que é o seguimento
da primeira, mas sua visita me deixou na verdade muito feliz.
Por favor volte sempre, beijinhos
Dora Coimbra
Antes: http://coimbra.romandie.com
seguimento
Depois: http://doraejose.blogspot.com

Aninha Pontes disse...

Dora:
O problema é que aqui no Brasil, o voto é obrigatório.
Temos que ir às urnas. Não temos opções.
Então voto em branco, pois não confio em nenhum dos candidatos. São todos farinha do mesmo saco, contaminados com carunchos e toda espécie de praga.
Um beijo

Sonho Meu disse...

Xiiiii...meu comment acima leia-se "consulado brasileiro"...vixe !

Bem viver disse...

Aninha, já faço isso há alguns anos, sempre voto em branco, não tem como compactuar com essa cambada. Sou totalmente descrente na política do nosso país.
Abraço!