domingo, 10 de agosto de 2008

PARABÉNS PAI!

Eu poderia hoje falar com saudade de meu pai, como ele falou. Um pai extremamente amoroso, dedicado, um pai que todo mundo queria ter.
Mas infelizmente meu pai, já se foi. Pudemos aproveitar muito da sua companhia, do seu carinho, mas ele se foi.
Então, presto hoje minha homenagem à ele. Exatamente assim. Um pai muito amoroso.
Alguém que ainda perde o sono por noites seguidas, alguém que chora sem nehuma vergonha por seus filhos, quando os vê sofrer.
Alguém que não se cansa de repetir, que queria estar passando por tais momentos, para que seus filhos não passassem.
Eu hoje só queria pedir a Deus muita saúde prá ele, para que possamos comemorar ainda muitos dia dos pais juntos.
Hoje tivemos a companhia da Mila, no final de semana passado, tivemos dos dois meninos.
Foi muito bom, dá para ver pela foto né? Todos largados depois do almoço.
Agradeço ainda a Deus, por ter me dado como presente ele para pai de meus filhos.
Apesar de todos os problemas de relacionamento que já tiveram, hoje, sei que meus filhos, tem orgulho e muito respeito pelo pai deles.
Parabéns amor. E, feliz dia dos pais.


Para todos os meus amigos queridos que são pais, desejo muito amor e carinho no dia de hoje em especial.
Que todos possam desfrutar de companhia agradável de seus filhos, e que a alegria reine em seus lares.

Um comentário:

cam disse...

Oi Aninha, ter um pai bacana é tudo de bom, forma o carater de uma pessoa. Ainda bem que voce teve um bom pai e seus filhos tambem. Quanto ao seu comentario no meu blog é isso mesmo, prefiroos blogs mais autenticos. Mas enfim, nao escrevi isso do nada. Recebi um e-mail de uma pessoa que eu nao conhecia dizendopara visitar o blog dela, por que o importante era a interação e tal. Cheguei la so tinha noticias de jornal, nada, nada, pessoal. Ai nao entendi. A pessoa quer leitores para seu jornal? Tudo bem, mas eu prefiro ler coisas onde as pessoas se expoem mais.Ai me inspirei a escrever o post sem criticas, apenas dizendo o que eu prefiro, nem me referi ao lance.
Beijos,
Cam